Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pranto

No céu rubro a paisagem desenhou
tapetes de ilusão, de encantamento
fez cintilar os dons do pensamento
que unidos, se calcificaram...
As estrelas em posicionamentos especiais
se adequaram, em amor se transformaram...
Neste lance tão perfeito,
o encontro de almas se firmou
A vibração das mentes estremeceu
os corações carentes , que  se ajustaram
em perfeições.
Calores e tremores de  corpos que se queriam
e se completaram.
Cheiros e sussurros até hoje vagam
pelo leito que vazio ficou...
A alma ainda sente o êxtase do que foi
e  em gozo retardado,
um sentimento reciclado evaporou...
As mãos dos dias claros,
no vagar de  almas que se desesperam em falhas
procuram no silêncio uma voz ou canto.
Mas nada encontram além do vazio adeus,
alguns soluços - um solitário pranto.
 
luferretti
Enviado por luferretti em 01/09/2006
Reeditado em 02/09/2006
Código do texto: T230540
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
luferretti
Limeira - São Paulo - Brasil
367 textos (13119 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 08:34)
luferretti