Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UNIVERSAL

Mesclas de sangue do mundo
Ritmos de choros profundos
Da gaita sai para o entrevero,
Mostrando tudo do Sul,
De Sepé Tiaraju
Até o povo estâncieiro.


Irmanados na mesma causa
Debaixo do mesmo céu
De Guaicurus à Cadwéus,
Filhos do mesmo chão.

De maculeles,batuques,congadas,
Rufar de tambores ou não,
Renascem aqui no meu peito,
P´ra sair só tem um jeito
É com a Dança dos Facões
Sebastião Bronze
Enviado por Sebastião Bronze em 03/09/2006
Código do texto: T231776
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sebastião Bronze
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 56 anos
72 textos (4061 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 07:04)
Sebastião Bronze