Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Raças Fortes

Das cachoeiras do Amazonas,
Seguindo seus afluentes,
Foram deixando suas marcas
Criando seus descendentes.

Passando por Teles Pires
Cuiabá e Rio Correntes,
Encontrando o Paraguai,
Com águas bem transparentes,
Paraná e Uruguai
Bem depois de Corrientes.

Aqui fizeram História...

Por volta de trinta povos
Das mais distintas nações
Aimorés, Carijós,Tamoios e Potiguares,
Tupinaés Caiuás,Caetés e Goitacás
Tinham tantos apelidos
Os nossos bugres daqui
O qual ficou conhecido
Foi o nome Guarani.

Devastaram suas tribos,
Pela ganancia do ouro
E destruiram sem ver,
O verdadeiro tesouro.

O tratado de Madrid
Dividiu vários torrões
Expulsaram nossos povos
Era o final das MISSÕES.

Mas foi luta desigual,
Que marcou minha terra natal
Feito essa niguém viu.

O preço foi muito alto
Para tirá-los do Sul.
De bagual desconhecido
Até Sepé Tiaraju,
Deixaram seus nomes gravados
Na história do Brasil.

Espanhóis e Portugueses
Eram mandantes da vez
E com tanto sofrimento
Empurraram p´ra Sacramento
O grupo que aqui se fez.

Aquele povo valente
Deixou um legado p´ra gente
Neste chão de norte a sul.
O povo guarani foi deixado no abandono,
Vivendo sempre ao relento
Mas gritou aos quatro ventos
QUE ESTA TERRA TEM DONO.
Sebastião Bronze
Enviado por Sebastião Bronze em 03/09/2006
Código do texto: T231829
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sebastião Bronze
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 56 anos
72 textos (4061 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 22:41)
Sebastião Bronze