Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Como Anda o Seu Amor?

Amor inimputável amor
Membrana das membranas
Reza a lenda do sino
És magnitude esferográfica.

E tanges?
Penetra em vez de esvair
Escamas indestrutíveis ao vento
Suscetíveis como espuma.

Amor inelegível amor
Insumo do peito
Honorabilíssimo feito
De cascas de madeira.

Mofas ao porvir?
A ver e a vir, rasteiro
Glicose da alma
Manto a porejar, mastro ao topo.

Amor proliferativo amor
Vurmo séquido dum feto
Hemoglobina em afeto
A ranger, a marulhar nos sonhos.

E sabe nadar?
O meu, sim.
Cesar Poletto
Enviado por Cesar Poletto em 04/09/2006
Código do texto: T232437

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cesar Poletto
Piracicaba - São Paulo - Brasil
730 textos (34088 leituras)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 00:36)
Cesar Poletto

Site do Escritor