Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EROS, O CAMINHO

Ainda em mim a mesma flor, o inusitado que eletricamente me chama. E nada é mais bonito, eis que a canção é tudo. Chove dentro de mim a antiga silhueta, a muda de semente e fogo. Está prenhe a inquietude em meu sol aparentemente pleno de tudo.

Cervejas e phallos sabem dos desatinos eróticos. Nada de desafios em que me planta a emoção. Volto às esquinas sonhando vênus e  rios, o riso fácil com quem bebo. Sei do que contam desejos e guardanapos em tua face marota. Há a menina além das retinas em cada toque, em cada gesto.

Subtraio-me a cada vez que me funde a cuca. Traduz-se o verso movido a emoção. Sei de mim como o traste de fazer da palavra o uso que já nem sabemos. O corpo freme como da vez primeira e sou marujo na verga dum frágil barco.

Ainda não sei do perfume que sobe ao olfato, mas a aliança na mão do destino confidencia a noite, a gávea frágil dos ventos em que me perco, albatroz e foz do gozo. Nada sabe o verso, apenas a mão em teu umbigo desejoso, que resguarda a musa, seus dengos e mitos.

A carruagem tem cavalos alados e monto o destino como um cata-vento de açúcares. Espero a chave de teus pudores para que me craves a emoção de prata. Amanhã nascerá o dia e já seremos unos.

Molha-me a chuva imaginária e voltam os mesmos desenhos no canto da boca.

Trago uma flor cerrada nos dentes.

– Do livro OVO DE COLOMBO. Porto Alegre: Alcance, 2005, p. 19.
http://www.recantodasletras.com.br/prosapoetica/23280
Joaquim Moncks
Enviado por Joaquim Moncks em 09/06/2005
Reeditado em 05/07/2011
Código do texto: T23280
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Joaquim Moncks). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Joaquim Moncks
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 70 anos
2581 textos (709794 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:18)
Joaquim Moncks