Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

(www.thousandimages.com, Rui Bento Alves)

FAZ ISTO POR MIM...

               Faz este favor por mim. Coloca-te aos pés de mim e deixa que eu dispa tuas roupas como se trocasse tua pele e te despisse dessa vida que carregas e, mais do que certo, não estás muito certo do porquê. Fica aos meus pés, embora quem ficará de joelhos, mesmo que não percebas, serei eu. Numa espécie de ritual sagrado, tirando o peso inútil das coisas que tua mente fabrica, empobrecendo tua alma e castigando a rasgos de faca o teu coração. 

               Podes fazer mais por mim. Deixa-te estar quieto aos meus pés e eu, que não entendo nada de mapas, desenharei com o olhar toda tua geografia, todos os teus territórios, o desenho dos rios por que tuas veias carregam o sangue cansado da tirania das certezas alheias, incertezas tuas, das incompossibilidades dos teus desejos e do que é melhor ou não. Deixa que eu siga te mapeando assim, abrindo caminho nas florestas enquanto o sol lá fora vai abençoando o quarto como se desse permissão para o tempo parar e transformar este segundo num sempre. 

               Ainda mais. Deixa eu (re)conhecer mais uma e outra vez tua anatomia inteira e ver a explicação de mim mesma escrita em braile, todas as razões que me trouxeram até aqui. Dê-me a permissão e minha língua te banhará com todos os meus líquidos guardados e eu virarei um rio sobre ti, inundarei os teus vales, entrarei pelas tuas cavernas e teus poros, liqüefeita, desaguarei nos teus mares. 

               Faz este favor para ti mesmo. Abre teu coração sem escudos e deixa que minhas mãos se percam por tua pele, porque é nesse caminho que elas se encontram de verdade e nesse encontro é que sabes, de fato, quem és. Deixa que eu beba lentamente da tua saliva a beijos certos e sem preocupação , apenas naturais. Que me ocupe de cada pedaço de ti. Permita que eu me ocupe de ti, como se amanhã não fosse acontecer nunca mais.
Débora Denadai
Enviado por Débora Denadai em 06/09/2006
Código do texto: T233894

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Débora Denadai
Caracas - Distrito Federal - Venezuela, 54 anos
722 textos (154019 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 10:43)
Débora Denadai