Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEU CITIZEN PAROU...

JÁ É TÃO TARDE! O RELÓGIO PARECE QUE PAROU, ÀS TRES HORAS DA MANHÃ...O PONTEIRO NÃO GIRA PARA O AMANHECER. BEBO O CALDO DA ESPERA. DA JANELA PRESENCIO PACATA NOITE ENLUARADA... O GATO NO CIO, ATRÁS DA GATA, A SÚBITA PARTIDA DE UM AMANTE APAIXONADO EM PASSOS LARGOS, NAS TRINCHEIRAS DAS RUAS...UM BÊBADO GRITANDO, EM PASSOS OSCILANTES. TRÔPEGO BÊBADO, CAÍDO NA LAMA DO DESESPERO. UM APITO TOCA, ESPANTANDO OS LADRÕES, OS RATOS DA NOITE, NA ÁGUA DO ESGOTO, SORRATEIROS ESCONDEM-SE ENTRE OS PORTÕES DO ARCABOUÇO... PORTÕES EM SILÊNCIO E O PONTEIRO PARADO, NEM SEU TIC-TAC MARTELANDO A SOLIDÃO...
NO ESPELHO DA PENUMBRA, OLHO MINHA SILHUETA, ESQUELÉTICA E ESQUÁLIDA. PAREÇO A MORTE! CHORO EM MINHAS NOITES DE INSÔNIA. VOU JOGAR FORA O MEU RELÓGIO, ELE NÃO ANDA! O CREPÚSCULO NÃO VEM, TAMBÉM PERDEU A HORA...


09/09/06   TEREZA NEUMANN
Tereza Neumann
Enviado por Tereza Neumann em 09/09/2006
Reeditado em 09/09/2006
Código do texto: T236101

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Tereza Neumann). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tereza Neumann
Salvador - Bahia - Brasil, 62 anos
330 textos (15756 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 12:59)
Tereza Neumann