Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Eu, aqui ...o Sonho, longínquo

Eu, aqui,
sonhando nas longínquas paragens
dum mundo
sem barreiras,
flutuando na leveza dos neurónios,
á velocidade da imaginação.

Aqui,
sem saber transmitir
pensamentos palpáveis,
ideias com substrato,
falando para o interior
de mim,
a que chamam intimidade,
mas eu lhe chamo inocência.

Aqui, perto e tão longe de mim,
navego na própria ausência
dum Universo sem margens,
sem leito,
sem profundidade.

Aqui, inicio
os passos duma ousadia
sem limitações,
sem fronteiras humanas,
sem horizontes confinados,
numa aleatória viagem
ao sabor de cometas despistados.

Aqui,
eu, uma estrela procurando brilho,
que teima chegar,
na neblina de um tempo
sem matéria definida,
sem genes modificados,
numa eterna e etérea
ausência de mim.

Aqui,
à espera de chegar
ao porto mais seguro
dum mundo que cresce no ódio
de tantas mentes
em desenfreada cinética de confusão.

Chegarei,
aqui, ali e a qualquer lugar,
mas, não sei se chegarei
ao destino ainda agora delineado
sobre milhares de vidas
que foram e se revoltam
nas asas dos momentos
que sempre ansiarei.
batista_oliveira
Enviado por batista_oliveira em 09/09/2006
Reeditado em 23/04/2013
Código do texto: T236332
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
batista_oliveira
- - Porto - Portugal, 64 anos
31 textos (724 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 15:17)
batista_oliveira