Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Acho que não consegui

Não sei, acho que tudo foi diferente hoje do que tinha sonhado. Sonhei um mundaréu de coisas, sonhei demais, sonhei alto e caí feito pedra no chão. Queria fazer um mundaréu de coisas.

Tirei o dia para fazer alguém que amo feliz. Queria fazer assim, assim, uma surpresa especial, queria conversar, telefonar, sei lá. Deu tudo errado. Não consegui fazer nada do que queria. Foi um dia frustrante.

E o tempo passou e estou aqui, sem nem saber o que fazer, ouvindo essa rádio que só toca música triste de se derramar em lágrimas.

Bateu um cansaço sem explicação. Um desânimo, uma vontade de sumir. Já avisei até que ia me enfiar embaixo dos lençóis e queria silêncio total, mas ainda não consegui nem sair daqui de tão sem vontade de fazer alguma coisa.

E pergunto: Será que isso passa logo? Será a música que deixou-me tão no chão?

Bom, se for, pelo menos anunciaram uma crônica. E até que começou bem com uma poesia de Mário de Andrade pedindo a lua para a mamãe.

Ou, tudo o que sinto, seriam sonhos de um dia que eu pensava diferente, frustrados? Como saber?
Maria
Enviado por Maria em 20/09/2006
Reeditado em 17/10/2011
Código do texto: T244660
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria
Blumenau - Santa Catarina - Brasil
4549 textos (185883 leituras)
1 e-livros (103 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:30)
Maria

Site do Escritor