Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Até que a Morte nos Separe

Aqueles que prometem um amor eterno, uma dedicação irrestrita,uma convivência pacífica,uma fidelidade inabalável,uma passividade freqüente, mentem sem respeito diante dos que testemunham essa união.
Promessas são vãs.Declinam ou desaparecem com o passar lento dos anos.
Em se tratando de sentimentos melhor seria, deixar ao acaso...
Não criar a expectativa de que o amor é imortal e assim sendo sobreviva as tempestades.
Seria mais simples e natural se não houvesse declarações ou afirmações, que tona-se na medida que a vida passa, esquecidas e desvalorizadas.
Do amor, tão pouco se sabe... Nada se promete, e assim nada se espera.
Ou talvez, apenas um beijo, um abraço profundo,selando o momento em que se promete a parceria para sempre.
MariSaes
Enviado por MariSaes em 22/09/2006
Código do texto: T246320

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o sitedoautor.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MariSaes
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1694 textos (65130 leituras)
2 e-livros (52 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:19)
MariSaes