Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUERO VIVER

Sou
A semente da vida,
Fecundo a terra.
Abro meus braços ao vento
Esperando guarida,
Mas ninguém me apóia estou esquecida.

A primeira estação não importa qual é se não sou
Robusta continuo de pé. Quando tenho saúde e sou Alimentada enfrentando secas livro-me das queimadas.
P’ra quem sabe algum dia num futuro bem próspero
Eu consiga amigos
 Que sejam inócuos.
Ajudo a todos não
Sou tão ingênua,
Pois troco carbono
Por oxigênio.
Estou ao relento
 Pedindo socorro
Daí-me a sua mão não
Deixes que morro.
Eu era sidícula
Então me apoiava
Agora sem sustento
Perdi o equilíbrio.
Só oscilação...
A maldita erosão jogou-me no chão.
Por isso amigo te pesso a mão,
Me abrace e me beijes, me tragas de volta
Prefiro viver não quero ser morta.
Sebastião Bronze
Enviado por Sebastião Bronze em 24/09/2006
Reeditado em 03/12/2006
Código do texto: T248281
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sebastião Bronze
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 56 anos
72 textos (4061 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 21:54)
Sebastião Bronze