Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nada Como Um Amanhecer!

O [então] penar de travesseiro emergiu bem cedo
Bateu com a aresta no espelho e proferiu, em irretocável mudez:
Hã!
Cesar Poletto
Enviado por Cesar Poletto em 25/09/2006
Código do texto: T248717

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cesar Poletto
Piracicaba - São Paulo - Brasil
730 textos (34088 leituras)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 18:37)
Cesar Poletto

Site do Escritor