Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Gaivota

Aqui sentada na praia
Ouvindo o mar a bater
Sinto-me tão leve e solta
Com vontade de esquecer!...

Esquecer o que passei...
Esquecer o que sofri...
Tentar ser novamente
Como andorinha errante,
batendo asas ao vento,
gritando como um lamento,
As mágoas que atrás deixei!

Outrora em tempos de verão
Quando náreia revolta
Envolvia o meu coração
Tão apaixonadamente
Numa mágoa tão remota
Pensava feliz então
Que um dia finalmente,
me tornaria gaivota!!!...

Gaivota tão livre e solta
Podento então voar
Por esse horizonte infindo
Sem ninguúm me magoar!

Voar alto e mais alto
Sem ninguém me poder chegar
Contrastando com o meu canto
Onde nem podia chorar...

Agora, sim, sou Feliz
Sinto o ar queimar-me o rosto
Pois foi assim que eu quis
Acabar o meu desgosto!
Maria Helena Oliveira
Enviado por Maria Helena Oliveira em 25/09/2006
Código do texto: T249122
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Helena Oliveira
Portugal
15 textos (491 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 12:08)
Maria Helena Oliveira