Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CORRIDA COM AS MÃOS




CORRIDA COM AS MÃOS


 (Numa tarde...)
Ao entardecer bonito,
pensativo,
passava pela rua.
No céu,
nuvem clara,
nuvem escura e céu azul também!
Na grama,
à beira do córrego,
entre amigos,
crianças brincavam alegremente,
jogando bola.
Futebol de beira de córrego!
Existe sim.
E é bonito,
é diferente!
Entre outros,
um jovem aleijado das duas pernas
misturado aos coleguinhas,
corria de um lado para o outro.
Ou melhor escorria pela grama seu corpo.
Pernas entrevadas,
impossibilitavam um correr normal.
Corria era com as mãos.
E como corria!
E não era o pior, pelo contrário, era um dos bons.
Eis que surge um menino briguento,
chato mesmo.
Interpelei-o,
fui claro,
disse-lhe “meias verdades”.
Algum dia,
ao correr os minutos de sua vida,
de vivência em vivência,
ele se lembrará do que eu lhe dissera
e minhas palavras
não terão sido ouvidas por ele em vão...
não serão sem sentido,
em seus ouvidos.
E servirão muito para ele,
tenho certeza!
Sem mais dizer ou pensar,
segui meu caminho.
Karuk
Enviado por Karuk em 26/09/2006
Código do texto: T250075
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Karuk
São João Del Rei - Minas Gerais - Brasil, 76 anos
300 textos (31539 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:32)
Karuk