Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Cogito ergo sum

Romeu Prisco

Privem-me de tudo, menos do pensamento ! Sem ele não sou nada, não sou ninguém, não existo. Privem-me dos cinco sentidos, mas, deixem-me o pensamento, que, com ele, continuarei vendo, ouvindo e falando, respirando, degustando e tateando.
 
Só verei paz, no lugar de guerras, fartura, no lugar de carência, saúde, no lugar de doença, escolas, no lugar de hospitais e cadeias, amor, no lugar de ódio,  coragem, no lugar de covardia, alegria, no lugar de tristeza, claridade, no lugar de escuridão, riqueza de espírito, no lugar de pobreza d'alma.
 
Só ouvirei os sons dos sinos, no lugar de buzinas e sirenes, música, no lugar de apitos, cantares dos pássaros, no lugar do ribombar d'armas, palavras de carinho e afeto, no lugar de ofensas, declarações de amizade, no lugar de falsidades, elogios, no lugar de reprovações, acordes da natureza, no lugar de ruídos urbanos, preces, no lugar de pragas, chamados do Senhor, no lugar de apelos do diabo.
 
Só aspirarei aromas, no lugar de odores, só sentirei sabor de mel, ao invés de fel, só apalparei a rosa, longe dos seus espinhos.
 
Só terei dificuldade, mesmo, para escolher o tema  das minhas crônicas.

-----------------------------------------------------------

Respeite os direitos autorais.

Visite:

www.lunaeamigos.com.br/prisco/prisco.htm

www.recantodasletras.com.br/autores/romeuprisco
Romeu Prisco
Enviado por Romeu Prisco em 27/09/2006
Código do texto: T250438

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Romeu Prisco
São Paulo - São Paulo - Brasil
142 textos (31849 leituras)
9 áudios (4848 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 08:20)
Romeu Prisco