Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Raizes

Será que me esqueci de quem fui um dia?
Da rua em que vivi a infância que lá vai
De andar descalça na areia
De comer manga verde debaixo do cajueiro
De trepar as àrvores em busca de tangirina

Será que o tempo me levou a memória?
Dos tempos de infância de outrora
De brincar a neca, espreita calcinha, trinta e cinco
De chegar a casa de calça rasgada
Coberta de areia preta e barro

Será que me tiraram o gosto da lembrança?
Da adolescencia sem criminalidade
Dos namoros sem malicia
Das histórias que os mais velhos contavam
Das memórias de um país liberto

A mamã chamando para tomar chá
A fila para a vacina do tetano
Sentados no chão da escola
O maxibombo na paragem
As "chuingas" gorila em cada esquina

...

Mas, de certo que não esqueci cada passo que dei
De certo que em cada obstáculo me levantei
Cada erro...concertei
E hoje, sei o que sou...
De onde vim, para onde vou
Tenho orgulho do que fui...do que serei...
Porque acima de tudo...sou eu!


(....um grito....)
LDias
Enviado por LDias em 28/09/2006
Código do texto: T251362
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
LDias
Moçambique, 35 anos
52 textos (3165 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:38)
LDias