Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Manhã de Outono

Preguiçosamente fez-se dia, mas esse ainda se esconde,
sob a espessa neblina, que insiste em chupar as cores do mundo.
Lentamente chegou o Outono, e ora caem silenciosas
as folhas amareladas, levando consigo minha juventude.

Na mente inquieta esvoaçam vestígios de lembrança do passado,
fragmentos da minha vida; coisinhas que me tornaram o que sou.

Tento então, reflexivo e vão eternizar-me em versos e prosas,
mas as linhas que compõem minha frágil existência,
se dissiparão em breve e para sempre no firmamento,
deixando nos que restam, o doce sabor da lembrança,
ou a amarga fragrância do lamento...
Ullisses Salles
Enviado por Ullisses Salles em 29/09/2006
Reeditado em 29/08/2009
Código do texto: T251945

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ullisses Salles). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ullisses Salles
Suíça, 40 anos
219 textos (69801 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 23:02)
Ullisses Salles