Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Dois Passos do Céu

A bruxa - que aboli - voltou
Mais forte, assaz tenra
Calçados altos, olor intenso
Seda usada e cosida... Impecável!
Noroeste das emoções ermas
Turbilhões... Ventos... Furacões
Apagam-se as paredes e o ralo transborda
São noites de tarde, em céu de passas
E com os momentos, brinca a dor
De casinha, no pescoço da inocência
No vão cáustico da ciência
Não emprestam lenço à forca
Já a sombra doentia da ausência...
Ah!
Cesar Poletto
Enviado por Cesar Poletto em 04/10/2006
Reeditado em 25/08/2007
Código do texto: T256090

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cesar Poletto
Piracicaba - São Paulo - Brasil
730 textos (34091 leituras)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 12:28)
Cesar Poletto

Site do Escritor