Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Arritmia

Navega no tranqüilo e místico mar, o ceticismo
Pilhado por enferma coloração
Meio e ação dum puríssimo céu
Na junção do juncado com o mel
Meu véu ao léu; acordamos no mausoléu;
Vinde ao brinde, temente órfão
Que lhe mine a paz do esbranquiçado semblante o pó
Produzido nas manhãs de asfalto com sabor de gelo
E pesares profundos duma tarde em disparada
Inapeláveis.
Cesar Poletto
Enviado por Cesar Poletto em 04/10/2006
Reeditado em 04/10/2006
Código do texto: T256239

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cesar Poletto
Piracicaba - São Paulo - Brasil
730 textos (34084 leituras)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:40)
Cesar Poletto

Site do Escritor