Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"Fazer Amor em Terra e no Mar"

Evaldo da Veiga


No mar, na onda que eu via,
estava você, minha doce imaginação.
Pedi ao Deus do mar calmaria,
para que você viesse apagar a solidão

Sonhei tanto em ti ver,
e jamais pensei ser em uma onda...
Sabia que havia movimentos,
mas não tão úmidos, 
em você, mesmo nas águas.

Sonho e sonhos que são sonhados,
em realidade úmida do Santo Tesão,
e sei que na crista da onda
a tua umidade é por mim desejada,
com a mesma sede intensa, quando te bebia no chão.

E assim, na convicção do desejo Santo e Profano,
que o mar não reduza suas ondas,
mas que te lances com carinho na areia,
e ali nos amaremos em linda saudade consagrada.

Hoje me afastei da insônia
e quero dormir pra sonhar com você
na mais linda realidade, aquela que te põe
longe e presente, no meu sonho acordado.

Jardins com flores, pássaros e bichinhos
contemplam-nos, com olhar de vinda e despedida,
fazendo-nos viver, sonhar e acordar.
Amar, amar e amar...

Longe ou perto do mar, suas onda é nossa referência;
e agora, nos basta tão somente, sermos anfíbios,
amarmos-nos em Terra e no Mar,
e preferencialmente nos dois ambientes.

N - Imagem, Tela do Salvador Dali

evaldodaveiga@yahoo.com.br

Evaldo da Veiga
Enviado por Evaldo da Veiga em 14/10/2006
Reeditado em 23/04/2011
Código do texto: T263983

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Evaldo da Veiga
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 73 anos
952 textos (313617 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:30)
Evaldo da Veiga