Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Amanhã vai chegar

Evaldo da Veiga



O amanhã chega, quando uma manhã
novinha em folha lhe permite chegar.
Mais um recomeço, ou talvez o início de sempre.
Amo o amanhã, um novo dia que virá.
Mas não quero que complique o meu agora,
não posso viver em dois espaços ao mesmo tempo...
Vem meu amanhã, permitindo-me vivê-lo bem,
sem divorciar-me do meu tempo de agora.
Meu grande momento permita-me que cada coisa de mim,
ou destinada, na teoria que  “estava escrito”,
chegue sem pressa. Peço assim, 
porque desejo que chegue no tempo,
sem atraso ou antecipação, pois nada é bom fora do momento.
. Eu creio que tudo chega gostosinho se for ao seu tempo.
Podemos dar impulsos, em sintonia com o tempo, 
mas não temos consciência precisa de antecipar, 
pois ainda não temos mínimo controle do tempo.
Podemos atrapalhar, é isso que devemos evitar.
Atrapalhar nunca, deixar acontecer sem ser omisso,
Sempre.


evaldodaveiga@yahoo.com.br

Evaldo da Veiga
Enviado por Evaldo da Veiga em 24/10/2006
Reeditado em 28/12/2011
Código do texto: T272247

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Áudio
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Evaldo da Veiga
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil, 73 anos
952 textos (313617 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 22:17)
Evaldo da Veiga