Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dureza da Vida

Na boca um amargo.
Uma sensação de que a vida implodiu.
E o amor recolheu-se.Uma estranha ilusão de que nada é o presente.
De que a cortina fechou-se e a peça encerrou-se.
Exteriorizado a dor que a saudade traz.
Uma marca farta e saliente.
Transidas lembranças incutidas na procura que não finda.
Uma intermitente ansiedade...
Folhas ao vento...
Uma brusca solidão.Descontínua, mas latente.
No olhar a indecisão.O cinza agreste perdido.
Nas mãos os costumes desfeitos.
A inércia dos maltratos da espera.
Vãos que se acumulam.
Pedras que amontoam-se e endurecem o coração.
 
MariSaes
Enviado por MariSaes em 31/10/2006
Código do texto: T278202

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o sitedoautor.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MariSaes
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1694 textos (65131 leituras)
2 e-livros (52 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 11:13)
MariSaes