Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Egoísmo

Uma névoa alucina. a visão turva-se e a imensidão desaparece.
Ignora-se o semelhante. Abstrai-se a solidariedade.
O ego cresce. Apreensível o amor desloca-se.
Aterrorizado o sentir diferencia-se.
Atrofia-se, então a esperança e a entrega.
Audaz o ego segue avante. Desrespeitando a sensibilidade.
Calcando caminhos mais íngremes.Resoluto e desbravado.
Desativando a preocupação, o interesse e a cortesia.
Escancarado e insistente.
Fraqueja a vontade e regride a real importância com o próximo.
O homem está só.Altivo e tão pequeno.Intumescido pelo seu próprio veneno - o egoísmo.
MariSaes
Enviado por MariSaes em 01/11/2006
Código do texto: T279151

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o sitedoautor.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MariSaes
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1694 textos (65131 leituras)
2 e-livros (52 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 19:47)
MariSaes