Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Uma sereia põe-se a cantar...
Onde navega naus um destino aportar
Flautas choram invadindo o silencio que cobre o mar
Vozes de encanto vigiando embarcação a navegar...

A lua esplendorosa no céu ilumina
Refletem nas águas as caudas que brilham
No bailado das sereias que tanto fascinam
Acompanham insistentes na noite que inebria!

Faróis que antes orientavam as naus tripulantes
Tira a atenção dos marinheiros e comandantes
Belas sereias de seios nus os cabelos penteando
Desejando o destino dos homens navegantes

Pobre desgraça! Um a um ao mar se atira
A lua chora a decisão maldita;
Cai! E se vai uma vida... As sereias sorriem
E o mar o silêncio grita!
MoneCat
Enviado por MoneCat em 05/11/2006
Código do texto: T283003
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Direitos autorais à Simone Teixeira do Carmo) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MoneCat
Belém - Pará - Brasil, 38 anos
2207 textos (296467 leituras)
72 áudios (9499 audições)
4 e-livros (1079 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/06/17 11:09)
MoneCat

Site do Escritor