Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

I - NAS ASAS DA POESIA

De: Manoel Lúcio de Medeiros.
Fortaleza, 23/Agosto/2005. Ceará.

I
Nas asas da poesia, meu pensamento voa ligeiro,
Numa velocidade invisível, que o tempo não pode medir,
Sou como uma águia, que do alto, vigia a presa!
Subo mais alto que o infinito! Visito as plêiades!
Durmo na Andrômeda, e passeio no Cruzeiro do Sul!
E desço mais profundo que os abismos da terra,
Onde o relevo se ofuscou na sombra dos precipícios!

II
Nas asas da poesia, visito as depressões do Mar,
Lá dou tempero as minhas letras salgando meu paladar!
Quando estou deprimido, submerso às fossas marianas,
É lá que eu procuro a paz nas águas oceânicas do pacifico!
É lá que meu espírito dorme por sobre as águas!
É lá no profundo hídrico que eu cavo as letras ocultas,
E as revelo no raso das minhas pautas românticas!

III
Nas asas da poesia, eu vôo sobre os montes,
Escavo os seus cumes, e enterro as minhas mágoas!
De lá, desço sobre os vales, e semeio os grãos da esperança!
Quando estou aflito, visito os mais sinistros túmulos,
Onde sepulto minhas amarguras, nas cinzas da história!
Mas não levo no meu corpo as tatuagens da ingratidão!
Nem na minha pele as cicatrizes dos espinhos da vida!

IV
No inverno, busco as terras fecundas, sulcadas de húmus,
Onde eu possa plantar todas as minhas aspirações!
Nas asas da poesia, eu procuro no verão lugares quentes,
Onde eu possa evaporar o pranto dos meus olhos!
Aquecer nos meus braços, o corpo do meu amor,
E na primavera colher as flores do meu bem!
E no outono, deixar cair às folhas das decepções!

V
Nas asas da poesia, eu me encontro com o vento,
Interpreto seus assobios em forma de canções,
Atravesso as nuvens, e aterrisso sobre o mar!
Deito-me sobre as águas e lavo as minhas tristezas,
Brinco com a espumarada do encapelar das ondas,
E aqueço a minha pele no calor do sol multicor,
E queimo minhas colorias no suor da terra!



Direitos autorais reservados.
Malume
Enviado por Malume em 06/11/2006
Código do texto: T283857
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Malume
Fortaleza - Ceará - Brasil
452 textos (16875 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 16:42)
Malume