Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

"É Natal"

Vozeiam;
e na acústica de seus rumôres, ouço
o bater dos pratos,
o bater das portas,
o badalar dos sinos,
o vulto dos gatos,
gritos de meninos:
"o Menino nasceu...!"

E no farfalhar dos passos e das saias,
mal se ouvem o ranger dos corações.

Com o passar do automóvel,
som no último,
pode-se distinguir a voz
do Sumo Pontífice;
meio trepidante,
jorrando pelo auto-falante
rachado da T.V.
da vizinha ao lado.

A rua coagulada de mendigos,
é o único cenário
que quebra a rotina...
não faz festa, nem dá presentes.

No verdadeiro Natal
pensam os esquálidos sem-dentes.
E, oram em silêncio.

Debora F
Enviado por Debora F em 06/11/2006
Código do texto: T283888

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Debora F
Arco-Íris - São Paulo - Brasil
106 textos (4533 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:31)
Debora F