Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO ÀS CONTENDAS!

Por que brigamos?

Se não somos sombra subserviente um do outro.

Se não há obrigação de estarmos dizendo sempre sim, sufocando nossos ideais e matando nosso querer individual. Sabemos que assim fizéssemos fadaríamos a convivência a uma rotina de mentiras.

Divergir é ferramenta que leva ao conhecimento, já que ninguém é dotado de todos os saberes e tampouco conhecedor de todas às verdades. Contudo ceder é desarmar-se diante de alvo amigo que peleja, consigo mesmo, para caminhar lado a lado daquele a quem se quer bem.

Somos seres distintos e compostos pela natureza com uma dualidade intrínseca, favoravelmente, habilitando-nos, nós dois, a vibrar uníssonos nos acordes de um mesmo sentimento; que muitos desconhecem, entretanto, tivemos o privilégio de descobir e a coragem de dizê-lo um ao outro – Eu te amo!

Por favor, não briguemos mais!

Sabemos que os obstáculos são peças que podem bem desenvolver o espírito criativo elevando-o. Não obstante, também podem propiciar enredos maledicentes.  Transpô-los deve ser nossas metas, e, se nos momentos mais árduos sobrevir à desarmonia saibamos redirecionar nosso comportamento, recompondo-nos.

Se nós somos dois e nalguns momentos fundimo-nos como se fôramos apenas um, não permitamos se dilua nosso querer. E embora pareça piegas, contudo, espero que tu queiras, igualmente a mim, disseminar não a desinteligência, mas o nosso amor.

Por nós digamos, um grande e verdadeiro, NÃO às contendas!
Cláudia Célia Lima do Nascimento
Enviado por Cláudia Célia Lima do Nascimento em 07/11/2006
Reeditado em 08/11/2006
Código do texto: T284733

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cláudia Célia Lima do Nascimento
Luziânia - Goiás - Brasil, 51 anos
476 textos (16066 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 11:05)
Cláudia Célia Lima do Nascimento