Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Sobre A Deusa Poesia I

Sobre a Deusa Poesia eu poderia tecer um grande texto com rica primazia.

Sobre a arte de fazer poemas eu poderia fazer uma ode aos grandes poemas já escritos.

Transmutando-me em poeta ancião de várias bengalas, decidi apoiar-me na vastidão do meu coração.

Estilo novo isso aqui pode não ser em minhas mãos.

Mas, por que estilo quando alto fala o coração?

          Hécate Anciã mostra a todos o Caminho Definitivo.

          Encontro Hécate Anciã todo dia ao escrever sobre os pergaminhos do meu destino.

Que destino?

O destino de poetizar e filosofar inominavelmente.

           Hécate Propolos mostra-me meu transformar de fonte em pontes e de pontes em fontes.

Sou pagão desde vidas muitas.

E como pagão, primeiramente, devo falar da Deusa Poesia.

A Deusa Poesia nasceu ao Sopro Moldador Cósmico De Todas As Maravilhas.

Teve pai?

Teve mãe?

Certamente, Ela foi seu próprio Pai e a sua própria Mãe.

O Primeiro Poeta foi um cantor e dançarino.

Cantor Cósmico.

Dançarino Cósmico.

Cantava Ele O Mover Dos Astros Perfeitos No Girar Das Perfeitas Esferas.

Dançava Ele Diante Da Magia Da Luz E Da Magia Das Trevas.

      Quedante e ascendente Ele ia cantando e dançando de mundo a mundo.

Em um mundo acolhia certezas de esperanças maiores.

Em outro mundo recolhia incertezas de desesperanças gigantescas.

Agia Ele em prol de sua Mãe Poesia.

Seguia Ele a sua Deusa Mãe Poesia.

Era Ele A Deusa Poesia.

            Para falar sobre a Deusa Poesia, apenas poetizando nas palavras é possível.

           Mas, poesia não fazemos diariamente?

Sorrindo, fazemos poesia.

Chorando, fazemos poesia.

Vivendo, fazemos poesia.

Morrendo, fazemos poesia.
     
            Aqui, ali, lá e acolá poetizamos na Roda Poética Cósmica.

Hécate Phosphoros mostra-nos A Porta.

          A Anciã é também parte da Deusa Poesia.

Somos anciães, nascidos juntos com A Deusa Poesia.

Na Grande Explosão Ela estava.

Somos Irmãos Menores Dos Deuses, Filhos também da Deusa Poesia.

                   Tudo Dança!

                   Tudo Canta!

                   Tudo Poetiza!

Os poetas possuem o frescor cósmico do Primeiro Poeta.

Todos nós, somos poetas possuidores do eterno sendeiro cósmico de amores do Primeiro Poeta.

                  Hécate nos chama para poetizar.

                 Hécate me guia no poetizar.

             Hécate e a Deusa Poesia poetizam sobre todo o Cósmico Girar...
Inominável Ser
Enviado por Inominável Ser em 08/11/2006
Reeditado em 09/11/2006
Código do texto: T285239

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Inominável Ser
São João de Meriti - Rio de Janeiro - Brasil, 40 anos
85 textos (31716 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:37)