Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ENSINA-ME A AMAR DE NOVO

Descobri da pior maneira possível
Que tenho um coração petrificado
Petrificado pela ação de amores insensíveis
Coisas do passado, sem importância agora
Apenas com conseqüências danosas
Que comprometem meu presente
A cada gesto de amor e carinho
Que não me eram correspondidos
Moléculas de cristais surgiam, até que
Esse coração, que acho nem sabe mais amar,
Transformou-se nisso, nem vale a pena comentar...
Incapaz de captar suplica de mimos de amor
De tão cego, Incapaz de tornar-se cúmplice
Coração infeliz e fraco pensou que poderia reagir...
Estúpido, muito ainda tens que aprender...
Cego, muito ainda tens que enxergar...
Um dia, em um poema, tentei ajuda-lo
Revigora-lo...
Será que valeu a pena?
A teu gesto de amor
Peço desculpas ao coração que arranhei, me perdoe!
O meu de pedra, não tinha esse direito
Se achares, que existe o antídoto
Te suplico!
Não desiste!
Ensina-me a amar de novo!
IVAN CARVALHO
Enviado por IVAN CARVALHO em 09/11/2006
Código do texto: T286706
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
IVAN CARVALHO
Belém - Pará - Brasil, 51 anos
49 textos (4186 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 21:54)