Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESPEDIDA

O tempo me aprisionou na ficção. Quando percebi a vida me pegou pelas mãos e me deu rumo. Novamente o comboio. Ser e estar a exteriorização dos meus sentimentos, o vagão rompendo a noite com a despedida rasgando a pele. Tantas estações e ainda o aceno, a palavra muda atrás da janela, o gosto salgado da saudade, as pálpebras sonolentas com a repetição de talvez...
Helena Sut
Enviado por Helena Sut em 09/11/2006
Código do texto: T286837
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Helena Sut
Curitiba - Paraná - Brasil, 47 anos
614 textos (790083 leituras)
2 áudios (1258 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:41)
Helena Sut

Site do Escritor