Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

(Imagem de X. Maya, www.thousandimages.com)

SECRETAMENTE...

               Embora não saibas, sonho secretamente pedaços teus e os vou emaranhando aos meus pedaços. Sonho secretamente minha boca na ponta de teus dedos, em deslizes doces e a um tempo lascivos. Sonho com teu nariz (não reclame, eu ainda o acho lindo naquele estilo meio italiano) passeando pelo espaço entre minhas orelhas e minha nuca buscando um cheiro que, sei bem, guardas de memória e acende os teus desejos e inflama tuas palavras que automaticamente incendeiam minhas florestas e inundam meus vales e precipícios. 

               Embora não saibas, sonho secretamente com teus dedos, partes pequenas dessa mão que idolatro desde sempre, passeando em meio aos rolos dos meus despenteados cabelos, de que gostas tanto que não me deixas pentear, como quem admira uma obra de arte. Meu sonho é grande e não termina porque sigo sonhando com tuas costas presas a minha língua que vagarosamente passeia por toda tua geografia, te vira do outro lado e continua descendo em busca dos morros que ostentas sempre na simples presença de minha voz. 

               Sonho todos estes sonhos secretos em mim, num refazer de teares, numa construção de ninhos onde sabes que podes ficar, por indefinido tempo, em busca da paz perdida. 

               Sonho secretamente um refazer de florestas de nossa árvore predileta, que te devolvi num arroubo temperamental. Sonho sonhos de valsa que ninguém entende, um código nosso, próprio. 

               Sonho, em meio ao negro e ao gris que me cerca, enquanto na ausência do azul. But not for a long time. Soon, it will be just like heaven. And you know that.

Débora Denadai
Enviado por Débora Denadai em 10/11/2006
Código do texto: T287549

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Débora Denadai
Caracas - Distrito Federal - Venezuela, 54 anos
722 textos (154040 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 14:59)
Débora Denadai

Site do Escritor