Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ÁRVORE CAÍDA

No chão cinzento e molhado da floresta
Jaz inerte, uma árvore já velha, e carcomida
Que o vento forte, e o peso da idade,
Ajudaram a cair

Sem a força, e o vigor de outrora.
Lutou enquanto pode, para resistir
Mas já velha e cansada, nada pode fazer
Apesar de tudo, não se deu por vencida, não desistiu!
A custo, e sacrifício, começou lentamente a erguer-se
Até ficar completamente de novo em pé.

Embora debilitada, criou novas raízes
Que se multiplicaram.
E que formaram novamente, uma nova árvore,
E outras mais, que se seguiram
Até que se transformar, numa bela e verdejante floresta…

Nem toda a árvore que cai, consegue de novo erguer-se!
É preciso força, coragem, determinação
Para não se deixar abater de vez, e morrer
Foi difícil, e penoso!
Àquela árvore caída, levantar-se de novo
Mas conseguiu!
Orgulhosa…!
Pôde então…morrer descansada.
Mário Margaride
Enviado por Mário Margaride em 11/11/2006
Reeditado em 11/11/2006
Código do texto: T288255
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Mário Margaride
Portugal, 64 anos
373 textos (27602 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:40)
Mário Margaride