Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NACESTE PARA MIM!

Nasceste para mim...
não foi por acaso que te achei!
És linda e encantadora, desde
o primeiro momento, me apaixonei!
Logo que te vi, balancei:
“a quem procurava, encontrei”!
Joguei a toalha, parei, não engulo mais sapos.
Das minhas caminhadas dispersei-me!
- Agora, tenho a magia de quem
atravessa fogueiras a pés descalços:
Não sinto frio nem calor;
o farfalhar, o murmúrio não me
incomodam tanto assim...
as dores dos outros, sim...
porque já me alimentei do infortúnio
e tive como sobremesa a dor!
Quando se ama, suplanta-se,
compreende-se, atenua-se. As lastimações
do vai-vem da convivência, suportamos.
Não foi à toa que a ti cheguei,
apenas, pequenos ajustes,
encontramos o caminho da paz!
As peças já se encaixaram,
as pedras já foram comidas.
Protegemos os nossos sentimentos
da maldade que perambula despercebida,
censurando procedimentos!
Fugimos aos olhares turvos,
perto de ti adormeci e acordei feliz!
Zecar
Enviado por Zecar em 29/06/2005
Reeditado em 15/06/2016
Código do texto: T28961
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zecar
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
249 textos (20142 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:48)
Zecar