Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Valioso Merecimento


Eu quero te guardar.
De um jeito ou de outro.

Vivendo você em pensamentos...
Pode-se conseguir um pedaço de sua energia, de tua consagração.

Já faz tempo de um dia que não sonho meu desejo por ti.
É estrada...
Percorro entre conquista e caminhar.
Duas possibilidades, delicadezas e escolhas.

Então recolho imagens suas em meus sentimentos.
Mantenho minha intenção.

Lembro do seu olhar.
Era mágico, distraia minha imaginação...
Suas palavras que atraia minha dedução.
Seu sorriso que mesmo encantava minha razão.

Mesmo embriagado, o bem controla meu humor.
Ate onde se pode chegar à clareza de uma dose a mais.

Mas minha disposição era outra.
Um salto na luz de sua vida...
Tão desconhecida quanto hipnotizante.

Eu apenas queria dizer como é bom se sentir no céu.
Não daqueles de algodão, nem de cascatas...
Daqueles que se formam através de sentidos.
Onde todos já fazem parte.

Criam-se na medida...
Nas bordas do improvável.

Onde poeiras e brilhantes são faíscas do mesmo tesouro do Criador...
As descobertas da igualdade, mais sublime em alguém, transformam realidade em sintonia.

Quero te guardar assim sem que nunca precise que seja assim.

Arquivar o seu encanto em meu coração.
No astral das coisas que são gravadas nas estrelas...

Eu me sinto um segredo.
Compartilhado por um querer único e uma vontade perfeita:
A combinação de minha revelação como sujeito...

É festa no interior do meu interior.

Gosto de me sentir assim...
Curo meus trajetos...
Gasto minhas palavras assim...

Nem precisa de muitas palavras para exprimir felicidade, satisfação, condução...

Porque demonstrar consideração alimenta a alma do próximo.
Conduz boas relações...
Onde tratar diferenças conta respeito, conta no final.

Tens o mais relevante dos estados...
Que é a mistura da simplicidade com a sinceridade, recheado de gentileza e bondade: Humildade...
Apreço por pessoas.

Ainda tem a Maravilha...
A chamativa e a verdadeira; dois lados da beleza humana.
Brilha amor em teu semblante.

Não me engano, ouso a voz de sua existência.
Por isso é linda de verdade.
Sabe ser...
Consegue estar...

Eu?
Permaneço agradecido...
Enaltecido pela companhia.
Na expectativa dessas preciosidades.
Valiosa como meu merecimento.
Alcebíades Segundo
Enviado por Alcebíades Segundo em 13/11/2006
Código do texto: T290432

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Com respeito aprópria obra e propósitos utilizados para o conhecimento literário e a evolução da vida.). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Alcebíades Segundo
Guanambi - Bahia - Brasil, 38 anos
163 textos (9516 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 18:03)
Alcebíades Segundo