Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ceifando as Trompas

Entre as trevas preadoras
Imenso e túrgido ser surge
Com tumor de vime nas costas
A esfoiçar lendas, mistérios e mais.

Dores reinícolas jazem dispersas
Na aliteração exata, naufrágio
Ouço falar dos sonhos
Em adágios soturnos, suculentos.

Tem-se a feição do ar
Que não cerra seus estômatos
Que não brame seus impulsos
Nem supera suas raízes.

Na alquimia desesperada introspectiva
Reinam enxames de ovelhas desgarradas
Estrada cega em ponta de estilete
Adeus à carne falópica, rompida outra vez.
Cesar Poletto
Enviado por Cesar Poletto em 14/11/2006
Código do texto: T290812

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Cesar Poletto
Piracicaba - São Paulo - Brasil
730 textos (34086 leituras)
1 e-livros (247 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 15:44)
Cesar Poletto

Site do Escritor