Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Telefonema

Telefonema Foi num dia sem cor, um momento triste, meu momento. Eu procurava algo especial, diferente, o universo. E como mágica utilizei o telefone e então...Alo! Não desliga, não sei quem és, mas escute-me. Eu estou procurando um sonho, uma ilusão, uma utopia. Perdoe-me, espero que me entenda e ajude-me. Eu sei que foi ‘’Deus’’ que te enviou nesse momento, por isso dei-me o teu ombro. Deixa eu contar a minha história, a minha eterna procura desse elo perdido. Eu já procurei em outros ombros e lugares, algumas vezes o encontrei pela metade e sem a certeza da verdade,mas sei que existe, e que é importante para eu existir. Alô! Diga que você me compreende, Que não vai negar o prazer de dividir comigo algo que é só seu. Então acontecerá o grande milagre que estou esperando. Não me negue esse sonho, você foi enviada para ajudar-me. Eu não vou te pedir muito, apenas eu preciso da sua amizade. Alô! Não acredite que posso lhes ser útil, mais siga do meu lado nessa estrada, pois só você conhece o caminho. Eu estou perdido, não sei retornar sem você. A sua amizade será o meu rumo, minha referência. Eu ainda não conheço os caminhos do vento, apenas vivo as forças que comanda o desenrolar da vida. A sua amizade será o meu porto seguro. E eu amo essa minha busca.
Walter carvalho
Enviado por Walter carvalho em 16/11/2006
Reeditado em 04/01/2016
Código do texto: T293105
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Walter carvalho
Fortaleza - Ceará - Brasil
39 textos (5128 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 09:58)
Walter carvalho