Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Forma de viver

A vida é como um veio
Meio veio que seja!
Pois que seja um meio!
Que a arte lhe lapide para valer mais à pena

Não só como arte, simplesmente.
Mas arte como vida!
Com emoções desmedidas,
De Imersão permanente
Que lhe tome, lhe mobilize e mostre novos ângulos,
Traga o sonho agora e seu trilhões de matizes
Remova a membrana da autocensura,
Retirando os freios, soltando raízes.
     
A meia vida que falo é a sem atmosfera
Sem a beleza abstrata das coisas da vida
Sem a arte para lhe dar qualquer coisa bela

E aí, se verá que é pela arte que a vida pensa.
Seja-lhe qual for a miséria impingida
A negação da vida é ter pela arte a indiferença
Edbar
Enviado por Edbar em 17/11/2006
Reeditado em 28/11/2006
Código do texto: T294253
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edbar www.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edbar
Recife - Pernambuco - Brasil, 65 anos
2870 textos (82767 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:07)
Edbar