Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Outro eu

                            Para FPsi, pelo trabalho que
                            realiza junto às pessoas que
                            lhe chegam, trôpegas, e dela
                            saem mais fortalecidas para o
                            enfrentamento do mundo e da
                            vida. Trata-se de um trabalho
                            socialmente imprescindível, no
                            qual essa profissional se
                            lança de cabeça, faz-se amiga
                            dos semelhantes, torna-se,
                            para eles, o outro eu.


“O amigo é um outro eu. Sem amizade o homem não pode ser feliz” (Aristóteles).

Alter ego, o outro eu.
Seu assento é na confiança e na amizade.

Alter ego é eleito.
Auxilia a subir a montanha e, do topo, faz ver melhor a planície.

Ele não enforma. Quando muito, dá o ombro à construção do estilo.

Vinculamo-nos a ele não para reproduzi-lo, porque a sede é de individualidade e liberdade comum.

Auxiliar do ser, o alter ego investiga o que se passou em busca da vida de agora, reconcebendo-a à gratuidade da doação.

Todo olhar, ele vê o lenço embebido em lágrima, às vezes pré-histórica, antevendo o alívio da sutura.

Analítico, constata a desordem e propõe equilíbrio, o autovalor.

Ouvidos, abre portas às palavras, mesmo que invólucros de raiva, revolta, medos e até sentires doces e bons.

Seareiro, sua colheita é diária: insights redondos, risos na descoberta, introvisão ajustada, cosmovisão realista, integridade resgatada, prazer de viver, plenitude do que se é.

Alter ego: seu exercício é clarear os olhos, quantos possamos ter, ou suportá-los em companhia, como quem faz do lado a lado um modo de criar e vibrar com a obra que realizou.
Wilson Correia
Enviado por Wilson Correia em 19/11/2006
Reeditado em 18/12/2006
Código do texto: T295344

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wilson Correia
Amargosa - Bahia - Brasil
1192 textos (498748 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:33)
Wilson Correia