Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

EVASÃO


As  vezes é preciso parar,
parar a máquina do tempo,
da mente e da vida.
É preciso respirar,
sentir a natureza que vibra,
ver a noite que chega,
amar o mundo que envelhece!
ou será o homem?
As vezes é preciso fugir da rotina,
pisar firme no mundo,
descobrir novas fronteiras
e escolher um novo rumo.
Na solidão uma esperança;
na procura um encontro
de paz, de amor e de vida.
Aventura, muita aventura...
As vezes é preciso parar,
observar o mar, as estrelas,
curtir o mundo.
É  preciso escutar a voz  do vento,
Amar a flor, viver Deus.
Deus!  Deus!  Deus!
O infinito se perde na dimensão do espaço.
Loucura, etéreo, além; alado mutante...
Mundo sem fim!
Espaço sideral!
Inconstante homem, infinito, eterno;
Na existência da vida.

http://afonsoecris.ubbihp.com.br
http://massajovem.zip.net
Afonso Silva
Enviado por Afonso Silva em 20/11/2006
Código do texto: T296449

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Afonso Silva
Foz do Iguaçu - Paraná - Brasil
402 textos (141738 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:38)
Afonso Silva