Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FELICIDADE NO PALHEIRO

Prêmio no jogo dos Deuses que disputam
A sorte de mais um felizardo lançando dados
Enquanto degustam uma rodada de vinho sagrado.
A felicidade existe mesmo?

Diga-me alguém que é feliz todo dia,
Que é feliz sempre e vive de bem com a vida.
E se caso encontrar a agulha nesse imenso palheiro,
Reconhecerei teu esforço,
Mas direi que teu achado é mentira.

Quem pode ser feliz em um mundo de valores corrompidos?
Que a ganância, cega o mais culto ao mais ignorante individuo.
Um lugar onde amar é para fracos e tolos.
Onde o dinheiro e o poder ditam regras e comandam o jogo.

Enquanto esse mundo for assim,
E minha felicidade depender de outro alguém,
Lamento, mas terei sempre a idéia fixa:
Que a felicidade não existe,
E se existe ela depende apenas de mim e de mais ninguém.





Mhayah (Máyah Perez)
Enviado por Mhayah (Máyah Perez) em 21/11/2006
Reeditado em 25/04/2008
Código do texto: T297063

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Mhayah). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mhayah (Máyah Perez)
Manaus - Amazonas - Brasil
165 textos (34548 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:36)
Mhayah (Máyah Perez)