Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

O Jardim

Havia um jardim cheiro de flores;
Um arco-íris multicolorido de rosas, azaléias, gerânios e tantas mais ...
O aroma se espalhava por todos os lados e a paz reinava absoluta naquele paraíso perfumado.
Até que um dia, pela multiplicação das flores e escassez de nutrientes começaram as pestes, doenças e mortes.
As flores mais jovens eram as que mais sentiam e feneciam primeiro... Faltavam-lhes a sabedoria, a paciência, a perseverança e a fé.

Certo dia um grande senhor vendo o jardim decadente disse:
Oh, minhas queridas, voltarei com a solução, e em poucos minutos  veio com um grande saco de esterco.
... Houve uma gritaria geral!
O cravo queria puni-lo, a rosa mostrou-lhe os espinhos.
- Com que direito esse homem vem estragar com esse objeto malcheiroso nosso paraíso perfumado?
Apesar de todas as queixas o homem ciente de seu dever, jogou carinhosamente o esterco aos pés das flores.
Muitas, não suportando aquele “ato execrável” morreram envenenadas (pelo seu próprio ódio).
Outras se trancaram no seu pequeno mundo, isolando-se do jardim, e com o tempo, sem alimento, também feneceram.
Mas também havia algumas, poucas é verdade, que confiando na palavra do Grande Jardineiro, abriram seus caules, suas folhas e suas pétalas dizendo:
- Minha vida está em suas mãos!
E essas flores cresceram lindas e se reproduziram tornando aquele jardim em um novo Paraíso alegre e perfumado.


Edson Montemor
Enviado por Edson Montemor em 21/11/2006
Código do texto: T297068
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edson Montemor
Rio Claro - São Paulo - Brasil, 53 anos
100 textos (16420 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 20:22)
Edson Montemor