Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Mulher infernal

Era noite.Estava especialmente escuro, a casa deserta, eu sozinho, até ela
chegar....
Mesmo distante, pude senti-la abrindo a porta, deve ter dado três voltas
na
chave, ela sempre dá!Depois segue andando seus pés, provavelmente
lindos, por
toda a casa.Joga a bolsa e as coisas na cama,suponho, e nua  fala ao
telefone com alguém.Quem??!?!?Não sei, mas percebo a volta das
batidas, quase
marteladas, no chão, bem acima de mim.Talvez deva ser essa a ordem das
coisas, ela sempre por cima e eu, pobre diabo, por baixo.Capacho!
Estará  ela ainda nua?Nua e de salto?Será?Isso a deixaria excessivamente
pelada.
Vou até a geladeira, preciso me acalmar!!Pego o primeiro doce que vejo
e
como, ali mesmo, com a porta aberta.Percebo que está rançoso,então agarro a garrafa com fúria,sentindo tudo,menos sede e bebo como se não o fizesse há semanas.
E ela lá,flanando,por seu apartamento,dona  da situação,martelando mais
forte.O que deve fazer na vida além de me castigar?? Executiva?Atriz?Cantora?Dominatrix?Bem que meu mapa astral
falou... Acima de vc haverá o inferno! Pensei em desistir do ap.   Qual
a
história que seu corpo conta?
-Qualquer dia me declaro! Pensei delirante.Mulher infernal a cravar seu
salto, alto, nas baixezas da minha mente...
Rachel Souza
Enviado por Rachel Souza em 23/11/2006
Código do texto: T299135
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rachel Souza
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
45 textos (3977 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:14)
Rachel Souza