Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Um Olhar Fatal.

Um Olhar Fatal. Encantou-me, me enfeitiçou. Olhar de feiticeira, fatal. Esses olhos me acompanharam por noites em sonhos. Encantou-me de um jeito tão engraçado... Que se você me olhasse profundamente, veria algo estranho dentro de mim. Sentiria meu coração vibrar querendo sai do meu corpo. Riria das minhas pernas trêmulas, e do meu jeito bobo de te falar. Esse olhar que me “ENCANTOU’’”. Até seu sorriso me deixava sem graça. Pra você um momento, pra mim pensamentos...Pensamento do qual eu queria...Queria que fosse realidade. Realidade de não conseguir viver sem teu olhar. Sem tuas mãos a me tocar. De não conseguir alternar o que já estava constante em mim. Não me importaria com as suas palavras, que pudesse maltratar-me, Mas morreria se eu não a tivesse conhecido. Ah! Desde que te vi, que me perdi nesse teu olhar. Agora esse ‘’OLHAR’’ Ele agora vai fazer parte de um “SONHO’’” que brincou de ser real. Queria hoje que me olhasse como nunca, mesmo de longe, sem ternura ou paixão, sem um abraço ou um beijo, mesmo com todo o seu medo de amar. Mesmo sem a esperança de uma paixão. Com esse olhar sereno, me ponha no colo, me diga que ganhei mais uma amiga. Hei! Olha-me e diz que eu posso recomeçar, que ainda posso ser feliz. Com esse olhar peça para que eu não faça por amor as loucuras que já fiz. E apenas com esse seu olhar encantador, fizesse eu também me ver, E voltar a ser aquele menino que tanto acreditou na existência do amor...que lá fora existem promessas e sorrisos, mas que eu tenha cuidado, porque dentro das pessoas às vezes, não está acontecendo nada do que imaginamos. Que com esse único olhar, me descobrisse como eu tive a sorte de te descobrir. Que esse olhar fosse tão profundo, que também me mostrasse uma antiga paixão e a transformasse num lance real, em um amor de hoje, mesmo que posa ter me ferido no ontem e que seja o meu bálsamo no agora. Preciso que me olhe só hoje, nesse momento, agora, mas que me olhasse de tal maneira, que me farte para sempre de você. Que não me fizesse esquecer o dia que te vi, mas todos os dias agora sem você. Para que eu nunca mais me perca, e que nunca mais me ache em outros olhos. Que me desse à certeza de que outro dia, ele possa me reencontrar. E voltar a brincar com os meus. Walter Carvalho.
Walter carvalho
Enviado por Walter carvalho em 28/11/2006
Reeditado em 05/01/2016
Código do texto: T303651
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Walter carvalho
Fortaleza - Ceará - Brasil
39 textos (5128 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 18:55)
Walter carvalho