Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Onde andará?

Onde estará  aquela  fulgurante aurora
Que trazia em volta dos seus cabelos
Reflexos de ouro, brilhos mais extremos
Que se apagaram  , de  repente ,agora ?
 
Onde andará o cavaleiro andante
Que  em seu cavalo  branco galopava altivo
Fazia  seus percursos atravessando rios
Para ao  lado ficar exultante ?
 
Onde andará os reflexos de prata
Da lua  enorme  que sobe para o céu
Rindo  tonta de meus devaneios bobos
Sem entender meus labores que a desgasta?
 
Ah! Tudo isso já me basta
Nada mais me resta que deitar as penas
Desaparecer nas brumas sem  deixar poemas
Sem bilhetes ou recados vãos
Renegar  no peito, o pobre  coração !
 
Cansado e frágil músculo , que de bater se gasta
Sem  nada entender ,em solidão se rala
Só faz asneiras e se recolhe  exaurido
E assim sobrevive...Oh!desgraça!
E se liberta neste grito...
luferretti
Enviado por luferretti em 01/12/2006
Código do texto: T306637
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
luferretti
Limeira - São Paulo - Brasil
370 textos (13212 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 16:07)
luferretti