Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESPERTAR

É momento de transição, travessia, reavaliações.
Reexamino metas, busco propósitos.  Adoto-me.
Volto-me para dentro. Desperto-me.
Quem sou?  Que faço com o que sou?
Dispo-me e coloco as máscaras no chão.
Decodifico-as e deixo-as ir.
Tento não perder de vista que o mundo à volta é de minha criação.
Não sem dificuldades em visualizar, separar o joio do trigo.
Agressividades, chantagens emocionais me dão a medida
do quanto minha transformação movimenta.
Pessoas afastam-se.
Dói, ver nos outros o sofrimento que causo
com minhas novas posturas e propostas.
Por vezes sinto-me isolada, inadequada.
Mas passa. Firmo-me no que sou.
Desnecessário me saber aprovada por outros
mas, antes, por mim, tão exigente e intransigente.
Passo a me amar:  Clareza de saber a quê valorizo.
Aceito-me e penso: sou criança, há tanto a aprender.
Não posso desistir de mim.
Coloco-me em primazia e faço minha parte.
Preciso de tão pouco para ser feliz...
Sonia Benato
Enviado por Sonia Benato em 02/12/2006
Reeditado em 02/12/2006
Código do texto: T307682

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (SONIA BENATO). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Sonia Benato
São Paulo - São Paulo - Brasil
58 textos (1764 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 01:09)
Sonia Benato