Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MEDO?

Medo?
 
Não temo a vida,
não tenho medo da morte,
não temo a sorte,
pratico qualquer esporte,
visto a melhor camisa,
o cartão pode ser visa,
nem sei se terei como pagar,
mas nunca deixo de sonhar...
Não tenho medo de ousar,
e até nenhuma roupa usar,
da vida abusar...
Não temo o amor,
mesmo que traga dor,
tomo qualquer remédio,
odeio o tédio...
Ociosidade é doença,
evito antes que a alma envelheça
Como doces sim,
faz bem pra mim
mas se fizer mal
como um pouco de sal
se a pressão subir
 sei que um dia vai cair
é a lei da gravidade
Vaidade?
É minha bandeira,
afinal,
pra que aparentar a idade?
Desfaço qualquer nó,
peço ajuda, grito sem dó...
Só não vivo sem paixão
é assim que perco o chão
mas medo?
Medo não...
 
 
 
Silvana Cervantes
Enviado por Silvana Cervantes em 03/12/2006
Código do texto: T308098
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Silvana Cervantes
São Paulo - São Paulo - Brasil, 51 anos
404 textos (36694 leituras)
5 áudios (2203 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 23:19)
Silvana Cervantes