Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Folha em Branco

Se eu pudesse te daria um poema.
Daqueles soltos e livres, sem algemas.
Se eu pudesse te dizer...
Já não posso...
Sinto medo de desmanchar meu simples ato de sonhar.
Mas, se eu pudesse sentir meu coração colado com o grude do teu amor...
Poderia acreditar que meus pedaços não ficariam soltos, cortando teus pés.
Mas, já não posso reinventar...
Corro o risco de me tornar uma fera ferida.
E eu morreria, antes de te machucar.
Por isso, meu papel está em branco...
Esperando tua carta de amor.
Grande, imensa, monstruosa.
Sem dobras, sem subterfúgios, sem medo.
Uma carta confiante.
A folha ficará em branco...
Estarei aqui no porto; sentada, esperando...
Dela faremos juntos, um barco branco.
Com gravuras de coração e de flor.
Uma carta, que não precisará mais de letras.
Estaremos dentro dela, meu amor...
Verônica Aroucha
Enviado por Verônica Aroucha em 15/07/2005
Código do texto: T34532

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Verônica Aroucha
Recife - Pernambuco - Brasil
122 textos (7752 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 11:10)
Verônica Aroucha