Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ao sabor da espuma

Agora é aqui que te encontro
No lugar da convivência com o passeio incessante das águas...
Da convivência do fazer inexorável do tempo

Agora te encontro, nesse lugar...
Num brote de afeto hoje por mim permitido,
num revolver de desejos e esperanças já sentidas....

Abandonadas...
Pela necessidade de ser como a folha ao sabor da espuma.
Como tudo o que me faz ressucitar desejos e emoções há muito tempo acalentadas.

E é justo aqui que te encontro...
E foi preciso estar atenta às marcas deixadas pelo lento trabalho dos séculos. Aos círculos profundos escavados lentamente na pedra pelo breve escorregar do cascalho.

Pois se o tempo molda, escava, expõe,
Constrói espaços para o transbordar e o refluir permanente das águas.

Aurea M. da Rocha Pitta
Aurea Maria da Rocha Pitta
Enviado por Aurea Maria da Rocha Pitta em 23/07/2005
Reeditado em 03/09/2006
Código do texto: T37164
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aurea Maria da Rocha Pitta
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 65 anos
26 textos (7405 leituras)
1 áudios (305 audições)
4 e-livros (851 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 12:32)
Aurea Maria da Rocha Pitta