Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tereza

Quente, brilhante, veloz, incandescente, exuberante...Como o tesão pela vida que no coração ardia. Eram muitos e inconstantes os espaços que percorrias...E só agora olhando o céu, é possível entender. A emoção com que foi tecido o teu ser foi que te fez assim tão inconstante, apressada, fugidia...
Quem ou que planeta seria suficientemente amplo e belo para te acolher por mais tempo? Quem ou que planeta se atreveria a aprisionar a luz esplêndida, a transbordar do vasto riso e do olhar intenso?
Que lugar querida amiga, senão todo o Universo onde vivem as mais belas, distantes, inquietas e velozes estrelas?
Que lugar Terê, a não ser toda essa imensidão da qual hoje é senhora?
E é só por ter te conhecido assim, tão bela, tão fugaz...que te perdoo a pressa.
Para Tereza, grande amiga que se foi sem pedir licença...
Planeta Terra, 5/9/1994
Aurea Maria da Rocha Pitta
Enviado por Aurea Maria da Rocha Pitta em 24/07/2005
Reeditado em 03/09/2006
Código do texto: T37311
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Aurea Maria da Rocha Pitta
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 65 anos
26 textos (7406 leituras)
1 áudios (305 audições)
4 e-livros (851 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 13:08)
Aurea Maria da Rocha Pitta