Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Liberdade

Eu gosto da ave
A ave voa
Eu olho a ave voando
Ela pousa no galho e eu não a vejo
Que pena!
Por que não a vejo agora?
Cai uma pena da ave
Eu guardo a pena
Eu gosto da ave
Que se esconde no galho
Algo me molha
A ave voa
Ela canta voando e a perco no ar
Olho para baixo
E me vejo molhado
Penso na ave
A ave volta
A ave voa
Eu olho de novo para ave
Não gosto mais dela
Penso em me vingar
Pego minha espingarda
E mato a desgraçada da ave que não mais voará
Eu choro pela ave
Enterro a ave
Ponho uma cruz
Eu gostava da ave
Mas tive que matá-la
E ela não canta mais
Por que a matei
A ave que amei?

Nel de Moraes
Enviado por Nel de Moraes em 30/07/2005
Código do texto: T38845

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor e o link para o site www.neldemoraes.com). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Nel de Moraes
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil, 56 anos
407 textos (351718 leituras)
2 e-livros (297 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 04:25)
Nel de Moraes